terça-feira, 29 de abril de 2008

Um biscoito para apaziguar uma mente inquieta




Vejam bem, quem é que consegue estudar em paz com uma batedeira dessas brilhando de nova na cozinha? A batedeira com a qual você sonhou todas as vezes que sua versão portátil de 9,99 ameaçou falhar? Aquela mesmo que está ali, em cima da bancada, implorando para ser lambuzada de manteiga, açúcar e chocolate?

Eu bem que tentei, mas a loucura falou mais alto e tive que largar tudo o que estava fazendo para dar um test-drive à minha bebezinha. A receita escolhida foi a dos biscoitos de triplo chocolate, precisamente porque tinha todos os ingredientes em casa e era bastante fácil de fazer. E, bem, porque eles são deliciosos mesmo.

Me senti o máximo manuseando a batedeira, que deve ser o ítem mais caro e muderno da minha cozinha pré-histórica. Devo dizer que, após esse rápido teste, ela já correspondeu à todas as minhas expectativas. A massa ficou pronta em segundos, e o aproveitamento foi maior do que misturando tudo à mão. Mal posso esperar para fazer algo realmente digno desta batedeira, como bater um chantilly ou claras em neve, deve ser um luxo!

7 comentários:

Lílian disse...

Parabéns. Além de funcional é também um objeto de decoração!

Carla disse...

Ai, que invejinha...hihihi! Eu nao tenho e coragem de comprar uma, ate porque seria areia demais pro meu caminhaozinho, eu nao sou boa de forno nao.

Chris Pessoa disse...

Que linda a sua batedeira, menina!!! Eu nem batedeira de 9,99 tenho. Bato tudo na mão mesmo... e é claro que não fica tão bom. Mas como vim para Buenos Aires para ficar só 2 anos, não quis comprar nada... sem falar que os eletrodomesticos são muito caros aqui.

Ludmila Carvalho disse...

Obrigada, Lílian! Ela é lindona mesmo.

Carla, eu namorei essa batedeira por uns dois anos antes de ter coragem de comprar, e terminei ganhando de presente, o que foi ainda melhor (risos)!!

Chris, eu também passei por este dilema de não querer comprar nada porque minha passagem por Montreal também é passageira (se bem que são 4 anos). Mas depois de arrumar até um gato eu esqueci isso, quero só ver na hora de voltar cheia das bagagens...

Beijos
Lud

Raquel disse...

Noooosssaaaa!!!! Essa batedeira é um PATRIMÔNIO menina!!! Ela, essa mesminha ai, já está na minha lista de sonhos tem um tempo. Estou me guardando para qdo chegar ai no Canadá... Sabe como é... Vai que arrumo mesmo um trabalho legal...Primeiro salário... Pra comemorar... O resto da história vc ja deve ter entendido!! Luxo demais essa batedeira! Esquenta não! Dá pra trazer na bagagem sim senhora!!!!
Afe! Nós que gostamos de cozinha temos os mesmos sonhos... Já descobriu alguma loja que vende Le Creuset?!
bjo grande,
Raquel

salvatore carrozzo disse...

poooxa!
postar receita de guloseimas eh sacanagem com pessoas como eu, com habilidade zero para prendas do lar!!!!!
bjs

Botinho disse...

Biscoito para a mente.
Feijoada para a pança.
Tem uma receita poética de feijoada lá no blog.
Passe lá!
Bjs.