quarta-feira, 30 de julho de 2008

Sorvete de café estilo vietnamita


Vietnamese coffee, ou café vietnamita, é como é conhecida a deliciosa mistura de café espresso e leite condensado. Tenho certeza que muita gente no Brasil (e na América Latina em geral, por onde o leite condensado é bem popular) costuma tomar café desse jeito, mas eu confesso que nunca tinha visto até ir num restaurante oriental pelas bandas de cá. Depois, na China, reparei que toda mesa de café da manhã tinha uma latinha de leite condensado do lado do bule de café. Como eu não pensei nisso antes? Simplesmente delicioso.

Folheando o livro do David Lebovitz à procura de um sorvete de café, me deparei com essa receita de vietnamese coffee ice cream estupidamente simples: misturar uma lata de leite condensado (equivalente a 1 1/4 de xícaras) com a mesma quantidade de café expresso ou do café mais forte que você conseguir produzir. Diluir com 1/4 de xícara de leite, se precisar, e colocar para gelar antes de colocar na sorveteira. Pronto. É só isso.

O leite condensado funciona como agente duplo: ao mesmo tempo em que adoça o café fortíssimo, engrossa o líquido garantindo um sorvete de textura extremamente cremosa. O resultado é um sorvete com gosto pronunciado de café, doce na medida certa e com um tom de caramelo ali no fundo. Entretanto, assim como acontece com o sorvete facílimo de Nutella, este se derrete em questão de segundos depois de sair do congelador, e nunca ficará com a consistência de um sorvete tradicional. Mas tudo bem, eu já sabia que uma receita simples e deliciosa desse jeito tinha que ter o seu porém - que, convenhamos, nem é tão mal assim. Eu adoro sorvete derretido...

Eu comi a primeira leva desse sorvete praticamente sozinha, e já estou maquinando drinks e smoothies que eu possa fazer com ele para o verão. O sujeito que primeiro teve a idéia de misturar café com gelo é um gênio, viu(*). Tem alguma coisa de estranhamente prazeiroso, de imprevisível para os sentidos, em se tomar uma coisa gelada com o gosto de uma coisa quente - ou que pelo menos estamos acostumados a associar com a sensação de "quente". Sem falar que o sabor do café intensifica-se, torna-se mais doce quando submetido a experiências geladas. Uia, esse post já virou conversa de viciada...

*Pesquisas rápidas (portanto nada confiáveis) pela internet revelaram que o café gelado provavelmente já existia desde o início do século XIX, no Japão e na Austrália. Eu digo que o inventor dessa delícia deve ter sido um canadense, porque o povo daqui não sabe o que fazer com as mãos se não estiverem ocupadas com um copão de café: no inverno um café quentão para esquentar o corpo, e no verão um frapuccino geladíssimo para refrescar.

8 comentários:

Fer Ayer disse...

Ludmila
Deve ser uma delícia mesmo e eu fiquei com uma dúvida...você falou para colocar na geladeira antes de ir para a sorveteira...quanto tempo na geladeira (ou é congelador)? e depois quanto tempo você deixou na sorveteira?
Beijos

Ludmila Carvalho disse...

Oi Fer,
Toda mistura de sorvete deve estar bem fria antes de ir para a sorveteira, senão o produto final não fica na textura certa. Eu deixo as misturas na geladeira por algumas horas, ou de preferência de um dia para outro antes de levar à sorveteira. Já o tempo de sorveteira depende da marca da sorveteira e do tipo de sorvete: esse aí particularmente ficou na sorveteira por 45 minutos.
Beijos!
Lud

Fer Ayer disse...

Eu nunca deixei na geladeira antes...a sua sorveteira é qual?
A minha é a Hamilton Beach e todas as receitas que vejo são para ir direto para a sorveteira...agora nem sei se faço certo ou errado...risos.
Se deixar um dia na geladeira na hora que colocar na sorveteira não está duro demais para rodar? vc deixa na geladeira ou congelador?

Ludmila Carvalho disse...

Fer, a minha sorveteira é igual à sua, Hamilton Beach. No manual dela recomenda colocar toda e qualquer mistura para sorvetes na geladeira antes de colocar na sorveteira, pois quanto mais fria estiver a mistura, melhor será o sorvete. Então eu sigo essa recomendação à risca, principalmente para sorvetes à base de gemas e cremes que foram ao fogo, estes precisam ser gelados MESMO antes de ir para a sorveteira. Eu coloco na geladeira, não no congelador, e no dia seguinte a mistura está fria e não se preocupe pois ela não endurece nem muda de textura ;-)

Fer Ayer disse...

Valeu mesmo pelos esclarecimentos...a minha não fala mesmo disso, mas meu manual é tão básico que só li quando comprei mesmo...mas vou tentar assim da próxima vez então...desculpe o aluguel...risos.
Beijos

Anônimo disse...

Oi Lud, eu ia te falar para fazer sorvete de café...lá em Lençóis tem um que faz sucesso!!! E acho que é igual ao seu...eu queria fazer mas não tenho a sorveteira, posso fazer e ir direto para o congelador?
Bjs,Tati.

Anônimo disse...

Ludmila, tudo bem?
Acabei de voltar do Vietnan e trouxe um pacotinho pequeno do Viet Coffee e adorei. Você sabe onde encontro para comprar aqui no Brasil?
obrigad, beijos
Deborah Teixeira

Anônimo disse...

Ah, meu email é debieteixeira@hotmail.com

obrigada
Deborah