segunda-feira, 12 de maio de 2008

Sopa de ervilhas verdes e amarelas com dumplings

Pois bem, toda essa história sobre os dumplings tem uma origem bem específica: eu estava me coçando para experimentar a receita de sopa de ervilhas amarelas (yellow split peas) com dumplings da Heidi Swanson. Então fiz os dumplings, congelei três das quatro levas produzidas e usei uma nesta sopa absolutamente divina. A receita mais uma vez veio do 101 Cookbooks, só que desta vez eu alterei algumas coisas para facilitar minha vida.

Sopa de ervilhas verdes e amarelas com dumplings
(Receita baseada nesta aqui)

- 1 xícara de ervilhas amarelas secas (yellow split peas)
- 4 xícaras de caldo de galinha ou de legumes
- 1 talo de salsão/aipo
- meia cebola picadinha
- 12 dumplings de ervilha com ricota

A receita original usou caldo de legumes em cubo, mas como eu tinha um caldo de galinha pronto preferi usá-lo. A Heidi também cozinhou as ervilhas amarelas antes, mas eu as cozinhei no próprio caldo da sopa para poupar tempo. Uma coisa que ela fez e eu achei interessante reproduzir foi cozinhar os dumplings separadamente, para evitar que a sopa virasse uma bagunça caso algum deles estourasse.

O procedimento é simples: numa panela grande, coloque a cebola e o aipo picados até amolecerem. Adicione as ervilhas amarelas e o caldo de galinha e cozinhe por 25-30 minutos, até as ervilhas ficarem macias. Tempere com sal e pimenta a gosto. Numa panela separada, ferva bastante água e coloque os dumplings para cozinhar até que eles fiquem translúcidos, eles levam cerca de um minuto para ficarem prontos. Para servir, coloque uma concha da sopa num bowl e dois ou três dumplings por cima. Termine com cebolinha picada na hora, queijo parmesão ralado e um fio de azeite de oliva.

Eu achei esta sopa sensacional. Os dumplings são como pequenos travesseiros recheados boiando num caldo limpo e delicioso, e quando se mergulha a colher as ervilhas amarelas fazem sua aparição especial. Eu nunca as havia comido antes, e achei a textura bem parecida com a de lentilhas, só que com cor e formato de grãos de milho verde. A mistura do verde e amarelo das ervilhas também não ficou nada mal. Como são meio trabalhosos, os dumplings podem ser substituídos por qualquer massa recheada tradicional, mas eu não garanto o mesmo resultado - como se eu garantisse qualquer coisa - pisc!

Um comentário:

lunalestrie disse...

Que delícia! Não conhecia essa ervilha amarela, mas acho que vou me arriscar nos dumplings... Adorei. :)