sexta-feira, 30 de maio de 2008

Festival de cervejas do mundo







Montreal é a cidade dos festivais: de comédia a jazz, passando por tulipas e balões, acho que tem um festival para cada dia do ano por aqui. Só que Montreal é também conhecida por ser uma destinação gourmet, onde as pessoas vivem nos farmer's markets e apreciam sem preconceito as cozinhas dos lugares mais longínquos. Juntando essas duas qualidades você tem os festivais de comida e bebidas, que estão entre os meus favoritos.

Estas fotos são do festival de cervejas do mundo, que trouxe algumas das mais famosas, mais conceituadas e mais esdrúxulas bebidas do planeta. Eu particularmente não entendo muito de cerveja, mas achei a experiência de provar várias diferentes numa mesma noite muito (hic!)enriquecedora. Dessa maneira dá para perceber que, para um verdadeiro expert no assunto, o mundo das cervejas é tão rico e complexo quanto o dos vinhos.

Enquanto os países com tradição - Bélgica, Alemanha e Inglaterra - providenciaram as cervejas de melhor qualidade, as cervejarias locais e de outras destinações menos conhecidas também marcaram presença. Da Bélgica, eu provei uma cerveja chamada "delirium tremens" que, com um teor alcoólico de quase 10%, não tem esse nome à toa. Já da França eu provei uma cerveja verde que era muito bonitinha, mas tinha gosto de pastilha para garganta.

Do Quebec provei uma cerveja escura com um aroma de nozes maravilhoso. E tinha também dos Estados Unidos, Irlanda, Letônia, cerveja com frutas, cerveja de trigo, cerveja orgânica, enfim, muita coisa para uma noite só de degustações. Eu particularmente não sou nenhuma pinguça, mas todo mundo que gosta de comida há de concordar que algumas bebidas alcoólicas, especialmente vinho e cerveja, fazem parte da experiência gastronômica E fazem bem ao espírito - desde que apreciadas com moderação, claro.

3 comentários:

Larissa disse...

Oi Lud, tudo bem??? Eu também não sou chegada em cerveja, mas concordo que quem gosta de comida aprecia alguma bebida (no meu caso, champagne).... mas meu namorado (Luiz também) ia adorar experimentar essas cervejas todas. Sempre que vamos ao supermercado ele vem com alguma cerveja que eu nunca ví na vida hehehe. Bjão!

Anônimo disse...

EU ADORARIA IR NESTE FESTIVAL.....RSRSRRS
VC QUE É FELIZ POR TER ESTA OPORTUNIDADE DE VER TANTA COISA DIFERENTE....POR AQUI, FICAMOS MESMO É COM A SKOLL, BAVARIA, NOVA SKIN, ETC....
BEIJOS, DA SUA MÃE

Gourmandise disse...

A maioria das cervejas brasileiras estão intragáveis. Parece que cada vez. piores. Só mesmo as ditas gourmets escapam (mas soube que até a Eisenbahn foi adquirida pela Schincariol)...
bjo,
Nina.