quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Fazendo massa caseira

No final de semana passado realizei um sonho culinário: fiz macarrão! Pode parecer muito simples para quem tem experiência ou cresceu com uma nonna em casa, mas para mim essa coisa toda de abrir massa sempre pareceu muito complicada. Especialmente porque eu já tinha tentado fazer ravioli antes, sem a máquina de abrir a massa, e falhei miseravelmente. Simplesmente não consegui abrir a massa na espessura ideal e tive que jogar tudo fora. No fim das contas consegui salvar os raviolis improvisando com massa pronta para dumplings, e aprendi uma lição importantíssima: nunca, JAMAIS, deixe para testar uma receita pela primeira vez quando se tem convidados chegando em menos de duas horas e sua cozinha parece uma zona de guerra com farinha espalhada por todos os cantos (pelo menos nunca sem um bom plano B).

Bem, o fato é que eu sobrevivi e pouco tempo depois terminei ganhando a tal da máquina de presente da querida Fabrícia. E aprendi que ela realmente faz TODA a difereça. Talvez um pouco traumatizada pela primeira experiência fracassada, eu demorei para criar coragem de usar a máquina, e até tentei me matricular num curso de massa caseira que tem por aqui, mas o curso era tão concorrido que não tinha vaga para este ano, o que terminou me motivando a tentar sozinha mesmo - mas desta vez ia ser sem stress. Então separei um dia inteiro, juntei todos os ingredientes, escolhi uma receita menos ambiciosa do que ravioli e não convidei NINGUÉM caso a coisa desse errado. E não é que deu tudo certo?

Massa caseira: o passo a passo

O primeiro passo é escolher a receita de massa, porque parece que cada pessoa tem uma receita do coração. Algumas usam uma mistura de farinha de trigo com farinha semolina, outras preferem uma farinha italiana tipo "00" (zero-zero), outras usam ovos e água, outras só ovos, algumas até vinho branco! Eu fui na receita da Fá que me pareceu a mais simples e direta: 500g de farinha de trigo e cinco ovos (ou seja, um ovo para cada 100g de farinha). Essa receita rendeu massa suficiente para uma lasanha para seis pessoas, e ainda sobrou um pouco. Usei farinha e ovos orgânicos.



Separe uma superfície bem limpa e lisa e faça uma montanha com a farinha. Com as mãos, abra um buraco fundo no centro da montanha e quebre ali dentro os ovos. Com um garfo, comece a bater os ovos (com cuidado para não transbordar) e vá incorporando a farinha aos poucos ao líquido, até que tudo esteja misturado.


Agora, com as mãos, vá trabalhando e sovando a massa até que ela fique bem lisa e maleável - isso leva uns bons dez minutos. Deixe a massa descansar numa vasilha coberta com um pano úmido por meia hora (infelizmente não tirei foto da massa neste estágio). Enquanto isso, prepare a máquina.


Corte a massa em quatro pedaços iguais, porque se você tentar abrir uma quantidade muito grande de massa de uma só vez ela vai render uma folha absurdamente grande e impossível de trabalhar sem quebrar. Comece a passar a massa pelo cilindro, primeiro pelo espaço maior (número 8 na minha), depois por um menor (número 6), até chegar no número 1. Você verá como a massa se transformará numa folha quase transparente de tão fina, amarelinha e macia.


Espalhe as folhas de massa numa mesa, polvilhando farinha para evitar que elas grudem umas nas outras. O próximo passo é cortar a massa de acordo com o macarrão que se queira fazer - você pode usar o acessório para cortar da máquina ou simplesmente enrolar a folha de massa e cortar tiras com uma faca bem afiada. Como eu ia fazer lasanha só precisei cortar as folhas no tamanho do refratário que eu ia usar. Pronto, está pronta sua bem-sucedida e deliciosa massa caseira!



Aqui tem um tutorial em vídeo (em inglês) para quem quiser ver com os próprios olhos.

8 comentários:

Eduardo Luz disse...

Eu sou um adepto de só se fazer macarrão em casa. Esta receita da Fabrícia também é a da minha mãe e dá pra fazer macarrão ralado : pega a massa pronta( a bola) e passe num ralador. É uma delícia ainda mais com um belo molho e manjericão!

Fabrícia disse...

Lud vocês fizerammmmm...obaaaaaaaa. Ficou linda a massa. Adorei. Agora nos resta fazer uma noite italianíssima....
Bjs.

Anônimo disse...

Oi Lud, eu tenho uma maquina dessa e depois que comecei a fazer macarrao em casa ficou ate dificil engolir esses prontos rsrs. A massa eh muuuuito mais leve, ne? Mas eu queria de todo modo fazer uma massa grano duro, dessas que nao levam ovos, e acabei fazendo uma por conta propria, usando 250grs de farinha comum, 250grs de semolina e 1 copo (200ml) de agua. E olha, deu certo. Agora vou ficar aguardando as receitinhas de molho, que eu bem acho que vc vai querer fazer varias rsrsr. Bjos e boas massas. Bjos, Ferc

Fer Ayer disse...

Lud...ficou lindíssima sua massa...eu morro de vontade de me arriscar, mas tb não tenho a maquininha...mas agora na faculdade provavelmente vou acabar aprendendo né?
Beijos

Ludmila Carvalho disse...

Fer, você vai ver que com a máquina tudo fica mais fácil - na mão ou no rolo só para quem é expert mesmo.

Ferc, estou doida para experimentar essa receita com semolina, embora tenha adorado a cor que os ovos deram à minha massa. Já vi farinha italiana "00" para vender e acho que vou tentar com ela da próxima vez, dizem que a massa fica ainda mais leve.

Fá, foi um sucesso e tão fácil com a máquina!! Só posso agradecer pelo presente maravilhoso. Agora que já sei que não vou falhar, podemos marcar um festival macarrônico, ehheheheh!

Eduardo, essa idéia do ralador é ótima para quem não tem a maquininha! Adorei!

Mari Rezende disse...

Lud, é um sonho meu também, hehehehe... Espero realizá-lo logo!
A sua massa ficou linda!
Beijinhos

menoscaloriasmaisvida disse...

Olá, Lud.
que espectáculo.Um dia destes tenho que me aventurar. Tenho algum receio com coisas amassadas por mim. Já tentei fazer biscoitos amassados e não consegui. Tenho que voltar a tentar.
Agora deixo aqui um desafio: que tal participares no desafio da pasta que foi colocado aqui http://cucinaitalianabrasileira.blogspot.com/
Um beijinho.
Susana.

Daniela disse...

Gente, eu faço massa em casa e eu adoro. Mas eu gostaria muito de fazer uma experiência com a tal farinha tipo 00 mas eu não acho em lugar nenhum para comprar??? Alguém sabe onde eu encontro aqui em São Paulo??

Bjs