sexta-feira, 14 de março de 2008

A is for dining Alone*

Nos dias de semana, quando almoço sozinha em casa, prefiro fazer refeições de um prato só, de preferência que sejam leves, rápidas e que não precisem nem de faca para servir. Quando estou sozinha, não me sento à mesa. Michael Pollan que me perdoe, mas comer na mesa é um ato social demais para se fazer solitariamente. Prefiro pegar o meu prato e comer no sofá em frente à TV.

Mas nem por isso abro mão da qualidade. Geralmente eu vario entre uma salada de frango, ou salada de abacate com cenoura, um prato de macarrão nos dias de mais fome, um resto de sopa de ontem nos dias de preguiça ou falta de tempo, ou este couscous da foto, ao qual misturei uma abobrinha, um pimentão laranja e meia lata de milho levemente dourados no azeite. Temperei com sal, pimenta, orégano seco e um pouco de suco de limão, e terminei com azeite de oliva e lascas de amêndoas.

*A is for dining Alone é a primeira entrada de An Alphabet for Gourmets, história de M.F.K. Fisher publicada originalmente em 1949 e que consta na maravilhosa coletânea The Art of Eating. Nela Fisher fala sobre o ato de comer socialmente, e porque ela prefere comer sozinha a dividir a mesa com certas pessoas ("There are few people alive with whom I care to pray, sleep, dance, sing, or share my bread and wine").

2 comentários:

Bracchi disse...

"refeições leves" é um de meus tags preferidos : )
Boa essa idéia de salada, me inspirou a tentá-la alguns dias na semana...
Hoje aqui convidamos uns amigos para um troca-troca de livros, daí tem pão de ervas no forno, rosbife e salada, pega o avião com seus livrinhos pra trocar!
Bjim

lunalestrie disse...

Amei teu blog. :)
Também gosto muito de pratos únicos pra comer sozinha, especialmente uma farofinha... :D