terça-feira, 19 de agosto de 2008

Pithivier de acelga e ricota


Pithiviers são tortinhas francesas feitas de massa folhada nas quais o próprio recheio dá forma à torta, sem a ajuda da fôrma (esse acento já dançou?). As mais conhecidas são doces, feitas de pasta de amêndoas e chocolate, mas há também as salgadas feitas de carne. Essa aí não é nem uma nem outra: leva apenas acelga (swiss chard) refogada, ricota e parmesão.

Esse recheio de acelga é delicioso e extremamente versátil. Você pode usá-lo em tortas ou como recheio para lasanhas, canelones ou qualquer outra massa do tipo. Pode fazer em grande quantidade, congelar e descongelar aos pouquinhos. Era o que eu ia fazer, mas o maço de acelga que chegou na cesta orgânica foi menor do que o previsto e terminei fazendo só uma porção individual.


Pithivier de acelga e ricota
(Receita ligeiramente adaptada do site Recettes du Québec)

Para uma pithivier média (do tamanho de um prato de sobremesa)
- Um pedaço de massa folhada (*compro pronta)
- Um maço pequeno de acelga/swiss chard
- Meia cebola média
- Um dente de alho
- Três colheres de sopa bem cheias de ricota
- Duas colheres de sopa de parmesão
- Sal e pimenta

Lave bem a acelga e separe os talos das folhas cortando ao redor dos talos. Coloque os talos numa panela com água fervente por dois minutos, depois acrescente as folhas e deixe mais dois ou três minutos. Escorra e coloque tudo numa vasilha com água gelada ou passe sob a água gelada da pia. Deixe escorrer.

Enquanto isso, corte a cebola e o alho em pedacinhos pequeninos e leve à panela com um fio de azeite. Enquanto a cebola e o alho suam bastante, mas antes de tomarem cor, pique os talos da acelga e as folhas em pedacinhos também pequeninos. Leve tudo à panela com a cebola e o alho e tempere com sal e pimenta à gosto.

Desligue o fogo e deixe a mistura esfriar. Depois misture os queijos e prove; coloque mais sal e pimenta se for preciso. Está pronto o seu recheio mil e uma utilidades! Para fazer o pithivier, divida a massa folhada em dois pedaços e abra dois círculos, um maior e um ligeiramente menor.

Se quiser cortar círculos perfeitos use um prato de sobremesa como medida para o círculo menor. Coloque o círculo menor sobre uma folha de papel manteiga sobre uma assadeira e pincele as beiradas com um ovo batido. Vá arrumando o recheio no centro do círculo, compactando bem e fazendo uma montanha, isto é, mais alta no centro do que nas beiradas.

Depois é só pegar o círculo de massa maior e ir colocando sobre o recheio, com cuidado para "vedar" bem e não deixar nenhum bolsão de ar - aperte delicadamente com os dedos (pense naqueles livros que você encadernou com papel contact nos tempos de escola...). Depois, se quiser, é só decorar a beiradinha da torta pressionando levemente com a lateral de uma faca.

Faça três incisões no topo da torta para o ar escapar e pincele tudo com mais ovo batido. Leve ao forno pré-aquecido (180C/350f) por 30-35 minutos, ou até que a massa esteja bem inflada e douradinha. Sirva como lanche ou almoço acompanhado por uma saladinha verde e prepare-se para soltar muitos "hums" e "ahs", porque isto é muito gostoso.

3 comentários:

roberta disse...

oi ludmila meu nome e roberta ,achei seu blog por acaso estou acompanhando vc agora amei suas receitas ,ja ate experimentei a receitinha da quiche eu e meu maridinho amamos ,mais keria te perguntar sobre as vagens rochinhas eu tb comprei toda empolgadinha e fui cozinhar junto com as verdes eles perderam a cor ,fikaram todas verdes ,como vc tb moro fora do brasil a seis anos ,aki do otro lado do mundo ,tem um mercadinho otimo ke vende verduras organicas foi la ki comprei as vagens roxas ki cozidas fikaram verdes ,rsrsrs

Rubão disse...

Olá, Ludmila. Como a colega acima, também parei aqui por acaso e estou gostando de tudo que leio. Sou um amador na cozinha, nem de longe consigo me enxergar fazendo estes pratos que vc ou a Dadivosa sugerem. Mas, não perco meu entusiasmo!
Delicioso teu blog, que tomo a liberdade de adicionar link no meu.

Continua metendo bronca! Abraço,
r

Carol Fernandes disse...

Olá, estava na net procurando uma receitinha de pithivier e achei seu blog, e não preciso dizer que amei!
Já estou te seguindo para não perder suas postagens!
Quando tiver um tempinho me faz uma visitinha ok?
Beijos doces.