domingo, 15 de junho de 2008

Sorvete de amoras


Outro dia estava passando pela feira e vi uma caixa de amoras absurdamente maduras e vistosas. Imediatamente a idéia de um sorvete me veio à cabeça, junto com a idéia "como eu vivi todo este tempo sem uma máquina de sorvete?". Realmente não sei.

Voltei para casa com as amoras e catei algumas receitas no food blog search. Após uma rápida combinação de idéias que me agradaram, fiz o sorvete que ficou com uma cor simplesmente esfuziante. O sabor também me agradou, embora tenha achado que o creme de leite preponderou um pouco demais sobre as delicadas amoras. Da próxima vez tentarei um sorbet.

Sorvete de amoras


- Uma caixa grande de amoras, aprox. 400g
- Duas gemas
- Uma xícara de creme de leite
- Uma xícara de leite integral
- 1/3 de xícara de açúcar
- Suco de meio limão (usei do amarelo)

Numa panela, coloque as amoras, o suco de limão e o açúcar para esquentar até as amoras derreterem num caldo cor de magenta. Dependendo da madureza das amoras, isso pode levar de cinco a vinte minutos. Eu ajudei a quebras as amoras com uma espátula. Prove e ajuste a quantidade de açúcar se julgar necessário. Quando a mistura estiver com consistência de suco, passe tudo por uma peneira para se livrar das sementinhas. Reserve.

Numa vasilha separada, bata as gemas. Numa outra panela, esquente o creme de leite e o leite até quase ferver. Com a ajuda de um batedor de arame, lentamente incorpore o líquido quente às gemas, mexendo freneticamente o batedor para não cozinhar as gemas. Volte toda a mistura para a panela e cozinhe em fogo baixo, mexendo constantemente, até a mistura engrossar e virar um creme. Para saber o ponto certo, retire a espátula do creme e faça uma linha com o dedo: se a mistura não pingar de um lado a outro da linha, está no ponto.

Incorpore o suco das amoras ao creme e coloque na geladeira para esfriar, de preferência de um dia para outro. Depois coloque na sorveteira e deixe ela fazer o resto do trabalho.

5 comentários:

Kátia disse...

Querida, okay que a senhora é uma mulher sensível, e quem não sabe disso... mas que máquina é essa? Afff! Que você tá arrasando na qualidade das fotos de comer! Me ensina?
=))))))))))))))))
Amor,
K.

risonha disse...

amoras é uma coisa que eu e a minha filha adoramos, mas quase nunca encontramos á venda, pelo menos frescas.
e estou a ver que tenho mesmo que comprar uma sorveteira.

Leila disse...

Ludmila,
ontem inaugurei minha maquina de sorvete. adorei!
agora estou de olho em novas receitas e essa de amora me agradou e nesta epoca as berries nao estao custando tao caro.
beijnhos

laila disse...

ludmila...realmente a cor é fascinante..linda linda...e no potinho verde está adoravel!!!dificl sera encontrar belas amoras pela feira...bjs

Fabrícia disse...

Essa cidade e linda....e coo foi o golf?
Bjs.