quinta-feira, 26 de julho de 2007

Chocolate makes me happy

Logo quando chegamos em Montreal, a primeira semana de adaptação foi muito difícil para mim. Não entendia o sotaque francês daqui, não tinha mais a minha casa e fiquei baixo-astral mesmo. Lá pelo quarto ou quinto dia, estávamos no supermercado e foi Luiz, meu marido, quem reparou: "esta é a primeira vez que vejo você sorrir desde que chegamos". Eu segurava uma barra de chocolate. É assim, gente. Chocolate coloca um sorriso no meu rosto, literalmente, até nas piores condições.

Como (quase) tudo que é gostoso engorda, eu tento comer do melhor chocolate possível, aquele mais fino e com maior concentração de cacau, que tem menos gordura ruim e até faz bem para a saúde (são os flavonóides, os mesmos antioxidantes que fazem o vinho tinto também ser bom para a saúde). Mas acho que agora exagerei.

Lindt com concentração de 85% de cacau, não tem nem um traço de doçura. Não tem nem gosto de chocolate. E olha que tinha um 90%, mas esse deve ser hard-core mesmo...

2 comentários:

Agdah disse...

Menina, vc já experimentou o Valhona "extra-bitter"? é de arrepiar os cabelinhos dos braços...

fezoca disse...

Ludmila, que bom conhecer o seu blog! :-)

Eu sou fanzoca dos chocolates amargos. sempre optei pelos fortes, pois os chocolates doces me enjoam. compro pacotes com quadradinhos de Lindt 75% e trago pro trabalho, pra saciar aquele 'craving' da tarde. e coloco no leite. quanto mais forte pra mim, melhor! :-) beijo,