quinta-feira, 21 de maio de 2009

Mr. Fischer's chicken

Já não é mais nenhum segredo que a tríade "natural, orgânico e local" caiu na boca da indústria. Por um lado é bom saber que a mensagem está sendo repassada em grande escala, afinal de contas era este o objetivo. O lado ruim é saber que as super-mega empresas não perdem tempo em se apoderar das palavrinhas mágicas para jogá-las de qualquer jeito em seus produtos industrializados (vide o refrigerante "natural" que a Fer fotografou lá no blog dela).

Felizmente, algumas empresas de grande porte parece que estão nessa para valer, vendo que existe sim um mercado (grande e sério) para produtos orgânicos. Uma marca bastante popular aqui no Canadá aproveitou a temporada do churrasco (leia-se: verão) para lançar uma linha de carnes e aves criadas livres e sem uso de antibióticos e coisa e tal. O preço, como tudo dessa marca, é bastante acessível.


A confiança na procedência do produto é tamanha que vem estampada uma foto do fazendeiro que criou as galinhas. Confesso que abri um sorriso quando me deparei com a foto do senhor Rae Fischer, de Listowel, Ontario, em cima das coxas de frango. Foi como se eu pudesse olhar para ele e falar: Olá, Sr. Fischer, continue criando esses frangotes felizes e saltitantes que eu vou continuar comprando, bom trabalho!

Um comentário:

menoscaloriasmaisvida disse...

Lud,
como eu gostaria que o orgânico fosse barato em Portugal. Era excelente, mas aqui o preço dos produtos biológicos podem ser duas e três vezes mais caros que os industrializados. Ás vezes é incomportável para as nosss bolsas. Pode ser que as coisas mudem com o tempo. :)
Vem ao meu blog tenho lá uma brincadeira glamourosa para ti.
Beijinhos.
Susana B.