domingo, 5 de abril de 2009

Brunch de domingo no Café Byblos


Há pouco mais de um ano, meu marido e eu começamos a sair ocasionalmente aos domingos para comer um brunch, o que não demorou muito para transformar-se numa tradição sagrada. E quem não adora um brunch? Acordar tarde no domingo, ir para um lugar agradável no qual você possa demorar o tempo que quiser, quem sabe ler um jornal, tomar café com leite (de preferência numa vasilha, como os franceses fazem), conversar e se refestelar comendo uma versão reforçada das comidas de café da manhã que você normalmente não come durante a semana (o que, para mim, inclui ovos, bacon e pão).

Na minha opinião, o brunch é a refeição perfeita para se comer fora de casa - afinal, alguém tem que virar as panquecas e cozinhar os ovos, e se o plano é relaxar depois de uma dura semana de trabalho, não sou eu que vou acordar às seis da manhã do domingo para assar muffins. A comida do brunch pode ser simples e facilmente repdoduzível em casa, mas eu pago de muito bom grado para que alguém a faça para mim. Afinal, a graça do brunch está em ser paparicada, não é mesmo?

Um dos nossos lugares favoritos para brunch é o café Byblos, um restaurante persa que oferece um café da manhã exótico - e concorrido: para garantir uma mesa no amplo salão iluminado e muito bem decorado tem que chegar cedo e batalhar na fila com as outras famílias e carrinhos de bebê. Mas vale a pena esperar, pois tudo ali é fresco, feito na hora e com um toque de capricho e exotismo: pão doce com sementes de papoula, suco de frutas com água de rosas, geléias mis (a minha preferida é a de cenoura e flor de laranjeira) e um omelete persa de ovo batido com queijo feta e bastante endro. Essa é minha idéia de um bom domingo!





Petit Café Byblos
1499, Laurier Est, Montréal (Québec)
Tél.: (514) 523-9396

3 comentários:

Camila disse...

Que delííííííciaaaaaaaaa! Noossa!

Beijos!

baianices disse...

ai que saudade dos cafes da manha de montreal. os cafes com mesinhas nas calcadas no verao, o estilo frances... bem diferente dos diners americanos, que eu nao aprecio muito.
Carla

Naz disse...

ai que saudades do meu querido Montreal :(